segunda-feira, 29 de julho de 2013

10 maneiras de cultivar a sua inteligência

Cultivar a sua inteligência é a melhor forma para conseguir atingir o seu sucesso profissional, pessoal e financeiro. Veja dicas de como fazer isso


10 maneiras de cultivar a sua inteligência
Crédito: Shutterstock.com
Não fique fechado para sempre as mesmas opções e a mesma linha de pensamento 
Na vida adulta, nos deparamos com muitos problemas que temos que lidar diariamente. Não é sempre que conseguiremos resolvê-los facilmente, mas cada vez que contornamos eles, estamos mais próximos de atingir o sucesso. 
Aqui vão algumas dicas de como cultivar a nossa inteligência:





1 - Defina novos objetivos toda semana
Trabalhe duro para atingir as suas metas. Sem objetivos, você não tem como definir suas estratégias eter novas ideias. Cada vez que você chegar lá, reconheça seu esforço e não perca tempo para decidir qual é o próximo passo. Se você estiver demorando muito para atingir as metas, pare e tente encontrar onde você está errando.

2 – Priorize a educação
Entenda que a sua educação tem que ser prioridade. Estudar permite que você entenda o mundo ao seu redor e desperta a sua curiosidade. Uma mente esperta é aquela que sempre questiona e tem sede de novidades. Além do mais, nem todo conhecimento é aprendido nas escolas e na universidade: você pode aprender muito no seu dia a dia.

3 – Seja organizado
Organizar as suas coisas é uma das formas mais eficazes de não desperdiçar o seu tempo. Estar ciente de onde estão as suas coisas é uma ótima maneira de organizar seus pensamentos e não gastar a sua disposição à toa.

4 – Tenha uma mente aberta
Não fique fechado para sempre as mesmas opções e a mesma linha de pensamento. Não é porque você é bom em algo que você tem sempre que fazer a mesma coisa. De vez em quando, saia da sua zona de conforto.

5 – Seja uma pessoa antenada
Sempre leia jornais, sites e revistas. Vá ao cinema, leia os livros do momento e assista aos documentários. Ou seja: saiba o que está acontecendo.

6 – Cultive um bom vocabulário
Todos os dias, abra o dicionário e tente descobrir uma palavra nova. Use-a ao longo do dia, e incorpore ela ao seu vocabulário.

7 – Estimule a mente
Pratique tarefas que estimulem o seu raciocínio e memória. Tente resolver Sudoku, complete palavras cruzadas, tente solucionar um cubo mágico, escreva poemas, etc.

8 – Aprenda uma nova língua
Além de ser um ótimo exercício linguístico, aprender um novo idioma pode te aproximar a uma nova cultura e pessoas.

9 – Visite novos lugares
Visitar novas cidades ou países abre a sua mente e ensina a ver o mundo de outra forma. Você vê novos hábitos e culturas, conhece outras pessoas, comidas, paisagens, etc.

10 – Faça conexões
O conhecimento só é útil quando pode ser usado na vida real. Tente utilizar o que você já sabe para resolver os seus problemas e para ter novas ideias.

Fonte: Universia

Pessoal e profissional juntos, para ir mais longe


A frase no manual de boas vindas assusta. “No período do treinamento, (…) levar roupas leves, confortáveis, que deem mobilidade para as atividades, roupas de ginástica para usar todos os dias, tênis, protetor solar e roupas de banho também são necessários”. Roupas de ginástica e de banho para aprender técnicas de feedback, planejamento, gestão de pessoas? Os participantes mal podem supor o que lhes espera nos dias que se seguem: madrugadas de trabalho, exercícios físicos, meditação, competição entre grupos, uma revisão da vida pessoal e profissional. Tudo pensado para colocar os profissionais em circunstâncias que simulem a vida real e, com isso, promovam um desenvolvimento integral, aquele que defende que um funcionário de alta performance deve estar bem também fora das paredes da empresa, seja no seu relacionamento com a família seja consigo mesmo e com seus valores.
O desenvolvimento integral de profissionais ganha nomes diferentes aqui e ali, conforme quem promove o treinamento, mas a preocupação com o funcionário como um todo vem crescendo no Brasil e no mundo. No Canadá, um grupo de especialistas promove um treinamento chamado de Integral Coaching, ligado ao Integral Institute e que visa formar pessoas para espalhar a ideia. Em artigo de 2006, Joanne Hunter, uma das responsáveis por desenvolver a metodologia, reconhece o nascimento de uma tendência. “Neste exato momento, em todo o mundo, pessoas estão recebendo treinamento sobre uma ampla gama de assuntos, como o desenvolvimento de habilidades de planejamento, trabalhar com pares, viver uma vida autêntica, ter uma alimentação saudável, tornar-se um pai melhor, atentar para o corpo e para o espírito, saber dizer não e assim por diante”, afirmou no paper.
crédito NLshop / Fotolia.com

Márcia Kodama, fundadora da Isys Desenvolvimento Integral, fez o curso no Canadá e é certificada para trabalhar com a metodologia no Brasil. Segundo a especialista, o conceito com o qual trabalha tenta ver o profissional como um todo e estimulá-lo em todas as dimensões, que resume em quatro: consciência, comportamento, cultura (o que o grupo onde ele está inserido valoriza) e sistemas (série de regras a que está exposto). “Não podemos perder de vista o desenvolvimento dessas quatro dimensões. Não adianta motivar pessoas a mudarem de atitude [dimensão comportamento] sem oferecer um sistema que suporte isso”, afirma.
Para saber mais clique aqui 
Fonte: Porvir

quarta-feira, 24 de julho de 2013

TV Brasil mostra ensino de empreendedorismo no CIEP Dr. Adão Pereira Nunes

Conheça mais sobre o projeto de empreendedorismo no CIEP Dr. Adão Pereira Nunes, nessa reportagem da TV Brasil: 




Muitos outros professores serão formados com a a Escola de Empreendedorismo Digital!
 
O projeto Escola de Empreendedorismo Digital consiste na criação de um portal para que professores de todo o Brasil possam acessar ferramentas de Educação Empreendedora de qualidade - oficinas, jogos, games, e-learning. Contando com formação e suporte pedagógico!

Este projeto irá beneficiar inicialmente 1.000 alunos de escolas públicas, além dos seus alunos, é claro!

Acesse, participe, espalhe para escolas e professores, venha com a gente!




terça-feira, 16 de julho de 2013

Estreia de Filme Marca Programação Especial de Férias do Planetário


PLANETÁRIO DA CIDADE DO RIO DE JANEIRO COMUNICADO

Estreia de filme marca programação especial de férias do Planetário.

O espaço fica aberto de terça a domingo com sessões de cúpula para o público.

Nessas férias o Planetário da Gávea está cheio de novidades. Uma delas é a estreia do filme “O Templo Perdido”, no dia 16 de julho, às 16h. A produção francesa será exibida na cúpula Galileu Galilei, em formato fulldome 100% digital. Os visitantes vão poder conferir a incrível e divertida história que se passa na Biblioteca de Alexandria. Em uma noite chuvosa, uma pesquisadora busca informações sobre seu pai desaparecido que as levarão em uma aventura através do tempo, desvendando os mistérios astronômicos do Egito Antigo. Essa novidade na grade de Sessões de Cúpula promete levar os adultos e toda criançada a uma emocionante aventura rumo aos mistérios do passado. O ingresso custa R$ 20 (R$ 10 meia).

Além da divertida e animada história de O Templo Perdido, o público vai poder ter uma inesquecível e incrível experiência durante a projeção. Devido à tecnologia na cúpula, que causa a sensação de imersão, os espectadores vão se sentir dentro do filme, com a personagem pesquisadora, vivendo todas as aventuras. Além dessa, os visitantes poderão conferir ainda outras histórias nas sessões de cúpula*, que oferece ainda outros filmes em sua programação. O roteiro lúdico de didático do Planetário vai conquistar aqueles que curtem aprender mais sobre os mistérios do Universo.

Outra novidade desse mês de julho é a programação especial de férias. A partir do dia 16 de julho, o Planetário vai exibir sessões de cúpula também durante a semana para garantir a alegria da criançada. O espaço passa a abrir das 14h30 às 17h, com projeção de filmes de terça a domingo, às 15h, 16h e 17h. Além dessa atividade, o público poderá conhecer o Museu do Universo, com seus 60 experimentos interativos, divididos em Astronomia Fundamental, Astrofísica e Nave-Escola. Nesse mesmo horário as exposições “Universo Deslumbrante” e “Números e Cores” poderão ser visitadas pelo público. Além disso, as quartas-feiras, às 18h30, dependendo das condições meteorológicas, o Planetário promove observação do céu por telescópios, guiada pelos astrônomos da Fundação gratuitamente.



Visite o Planetário. É cultura. É ciência. É do Rio.

*sessões de Cúpula na programação de férias:

Terças, quintas e sábados:

- 15h: Kaluoka’hina: O Recife Encantado;
- 16h: O Templo Perdido (Estreia);
- 17h: Planetas.

Quartas, sexta, domingo e feriados:

- 15h: Galaktos;
- 16h: Em Uma Noite de Lua Nova;

- 17h: Dois Pedacinhos de Vidro


Fonte: D.O.

Concurso “Política: o que você tem a ver com isso?”


Galera, o portal Plenarinho, a TV Câmara e a Rádio Câmara lançam o 
Concurso “Política: o que você tem a ver com isso?”

Se você tem entre 10 e 18 anos, mande um vídeo e /ou um programa de rádio de até 5 minutos pra gente e ainda concorra a um Tablet! 

Confira o release e o regulamento nos sites





Caro Diretor (a),

Gostaríamos de convidar seus alunos de 10 a 18 anos a participar do Concurso “Política: o que você tem a ver com isso?”, promovido pela Rádio Câmara e pela TV Câmara, por meio dos seus programas Outras Vozes e Câmara Ligada e em parceria com o Portal infanto-juvenil da Câmara dos Deputados, Plenarinho.




Com essa iniciativa, queremos abrir espaço para que os jovens apresentem seus pontos de vista sobre um tema que tem mexido muito com o Brasil ultimamente: a política. O que é? Como fazer? É coisa só para político? O que eu tenho a ver com isso?

Qualquer informação a mais que precisar, basta entrar em contato ou acessar os sites www.camaraligada.com.br ou www.plenarinho.leg.br.

Você também encontra o “Outras Vozes” no facebook: 


Danielle Araújo
Equipe Outras Vozes
TV e Rádio Câmara
61 3216 1743


sexta-feira, 12 de julho de 2013

FECEM - 9ª CRE

Vamos conhecer os vencedores do FECEM da 9ª CRE, que aconteceu no dia 10 de julho de 2013 na Lona Cultural Elza Osborne, em Campo Grande e contou com a participação das escolas da 9ª CRE.

O Festival da Canção das Escolas Municipais (FECEM) caracteriza-se como mostra e divulgação da produção musical dos alunos da rede municipal, reconhecendo-as como espaço de incentivo à criação local, onde a expressão de idéias e sentimentos se manifesta, favorecendo a experiência do fazer musical (compondo, interpretando e tocando), articulada à formação de platéia.


JURADOS

Profª Ana Maria caldas (GED), Weber Wernwck (cantor), Vanderlei (Maestro), Profª Paula (SME/Extensividade), Profª Rita (de Música).


Melhor Intérprete


Aluna Késia da E.M. Barão de Santa Margarida, entregue pela profª Ana Maria Caldas


Melhor Comunicação com o Público


Alunos Diogo, Samara e Vitor  da E. M. Ministro Alcides Carneiro, entregue por Weber Werneck.

Revelação


Aluno Evandro da E. M. Rubens de Farias Neves, entregue pela Profª Rita


1° lugar


Escola Municipal Barão de Santa Margarida, entregue pelo Maestro Vanderlei


2° lugar


GEC Embaixador Araujo Castro, entregue pelo prof° Carlos (SME/extensividade)


3° lugar


Escola Municipal Jardim Guararapes, entregue pela Profª Paula



quarta-feira, 10 de julho de 2013

DECRETO 37327 - Avaliacão Servidores em Estágio Probatorio (Republicacão)



( * ) DECRETO Nº 37.327 , DE 28 DE JUNHO DE 2013.
(*) Republicado por ter saído com incorreções no D.O de 01 de julho de 2013.
Dispõe sobre a avaliação de servidores em estágio probatório, e dá outras providências.
DIÁRIO OFICIAL de 10 de julho de 2013

O PREFEITO DA CIDADE DO RIO DE JANEIRO, no uso de suas atribuições legais, e CONSIDERANDO o disposto no artigo 41 da Constituição Federal vigente, com a redação dada pela Emenda Constitucional n.º 19 de 4 de junho de 1998, que sujeita o servidor nomeado para cargo de provimento efetivo a estágio probatório, por período de 03 (três) anos, durante o qual sua aptidão e capacidade para o desempenho do cargo serão objeto de avaliação;

CONSIDERANDO que o estágio probatório presta-se ao exame de capacitação do servidor ao real desempenho das tarefas inerentes ao cargo para o qual foi provido;

CONSIDERANDO os termos do Parecer PG/PPE/002/2012/PRSM,

CONSIDERANDO a necessidade de consolidar e sistematizar as normas municipais que regulam a avaliação de servidores em estágio probatório;

DECRETA:

Art. 1º. A aplicação do disposto no art. 21 da Lei n° 94, de 14 de março de 1979, aos servidores municipais de regime estatutário dar-se-á na forma estabelecida por este Decreto.

Art. 2º. A aferição de idoneidade moral, assiduidade, disciplina e eficiência serão da competência de Comissões, criadas especialmente para este fim, no âmbito de cada Secretaria, Autarquia e Fundação Municipal, que não serão consideradas, para fins do Decreto, órgãos de deliberação coletiva.

Art. 3°. A análise a ser procedida pelas Comissões levará em conta:

I - a avaliação do servidor em período de estágio probatório, a ser realizada por meio de Boletim de Avaliação que constitui Anexo a este Decreto;

II - a verificação da existência ou não de assentamento referente à nota ou fatos desabonadores da conduta social ou funcional;

IV - o relatório trimestral de atividades desenvolvidas, apresentado pelos servidores em estágio probatório integrantes de categorias funcionais de nível médio especializado e de nível superior;

Art. 4°. O servidor em estágio probatório integrante de categoria funcional de nível de escolaridade médio especializado ou superior, apresentará, no prazo de 20 (vinte) dias anteriores ao término de cada trimestre de efetivo exercício, relatório de produção de seu trabalho, devendo instruí-lo com documentos representativos das tarefas realizadas, sempre que sua chefia imediata julgar necessário.

Art. 5°. O Boletim de Avaliação de Estágio Probatório referido no art. 3°, alínea "a" deverá ser preenchido pela Chefia imediata do servidor, a cada período de 3 (três) meses ou período inferior, caso a Chefia julgue necessário.

Parágrafo único. A chefia imediata remeterá, no prazo estabelecido no Decreto n°. 2.477, de 28 de janeiro de 1980, o relatório de produção do servidor, acompanhado do Boletim de Avaliação, à Comissão de Estágio Probatório do órgão ou entidade em que este se encontrar lotado.

Art. 6°. As Comissões de Estágio Probatório possuirão ainda às seguintes atribuições:

I - receber cada relatório trimestral e nos 10 (dez) dias subsequentes, emitir o conceito "apto" ou "não apto", mediante decisão necessariamente fundamentada;

II - deliberar, até os 40 (quarenta) dias finais do último trimestre do período, com base nos conceitos emitidos ao longo do estágio, acerca de confirmação do servidor na carreira;

III - encaminhar, no caso de conceito "não apto”, ao longo do estágio, e por ocasião da avaliação final, relatório ao titular do órgão ou entidade a que o servidor estiver vinculado.

§ 1º. Do conceito "não apto" emitido pela Comissão, tomará ciência o servidor, através de intimação pessoal, instruída com expediente reservado contendo o relatório da Comissão, bem como através de publicação do ato no D.O Rio.

§ 2º. Do relatório da Comissão contendo o conceito “não apto” é facultado ao servidor a apresentação de razões de defesa, no prazo de cinco dias úteis a contar da intimação.

§ 3º. Uma vez apresentadas razões de defesa pelo servidor considerado não apto, a Comissão de Estágio, exclusivamente nesta hipótese, converter-se-á em Comissão processante, e concluirá o Inquérito Administrativo para o fim estabelecido no parágrafo 3º do artigo 21 da Lei n.º 94 de 16 de março de 1979;

§ 4º. Concluído o Inquérito Administrativo em relação ao servidor considerado não apto, a Comissão elaborará, então, um novo relatório, final e conclusivo, que conterá a analise das razões de defesa apresentadas pelo servidor e o opinamento pela ratificação ou não do conceito “não apto”.

Art. 7°. O Relatório final da Comissão será encaminhado ao Secretário Municipal ou titular do órgão ou entidade municipal a que o servidor estiver vinculado para, uma vez acolhido, determinar a confirmação no cargo do servidor considerado apto, ou a não confirmação e consequente demissão do servidor considerado não apto.

Parágrafo único. Nas hipóteses em que o servidor considerado “não apto” no estágio probatório para o cargo em que foi provido, já tenha adquirido estabilidade em razão do exercício de outro cargo, acatando o Secretário Municipal ou titular do órgão ou entidade, as razões da Comissão de Estágio Probatório, determinará este, de imediato, a instauração do competente Inquérito Administrativo junto à Secretaria Municipal de Administração, não cabendo, neste caso, a conversão da Comissão de Estágio em Comissão de Inquérito, tal como prevista no § 3º do artigo 6º deste Decreto.

Art. 8º. Ao servidor é assegurado a ampla defesa e o contraditório, cabendo-lhe, mediante solicitação, o acesso ao inteiro teor de todos os relatórios e boletins de avaliação.

Art. 9º. Ao servidor em estágio probatório devem ser assegurados o assessoramento e o acompanhamento adequados quanto ao exercício de suas atribuições, inclusive, no que se refere às necessárias condições físicas, materiais e instrumentais.

Art. 10º. Aplicam-se aos servidores em período de estágio probatório, em exercício à época da entrada em vigor do presente Decreto, as regras neste consubstanciadas.

Art. 11. O acompanhamento e a avaliação do estágio probatório dos Procuradores Municipais é de competência do Conselho Superior da Procuradoria Geral do Município do Rio de Janeiro, conforme estabelecido nos Decretos n.º 26.207, de 03 de fevereiro de 2006, e n.º 35.801, de 20 de junho de 2012.

Art. 12. Este Decreto entra em vigor na data da sua publicação, revogados os Decretos n.º 12.680, de 08 de fevereiro de 1984, n.º 15.498, de 30 de janeiro de 1997, e n.º 15.730, de 07 de maio de 1997.



Rio de Janeiro, 09 de julho de 2013 - 449º de Fundação da Cidade.


terça-feira, 9 de julho de 2013

PRÊMIO ANÍSIO TEIXEIRA - 2013



Caros (as) Professores (as),
Encontram-se abertas as inscrições do PRÊMIO ANÍSIO TEIXEIRA – 2013. 
O regulamento e os formulários de inscrições podem ser acessados na página da Escola de Formação do Professor Carioca – Paulo Freire, no link do CREP-AT. 

Para maiores informações: http://epf.rioeduca.net
 
Att,

Escola de Formação do Professor Carioca - Paulo Freire
Centro de Referência da Educação Pública da Cidade do Rio de Janeiro - Anísio Teixeira
Tel: 2253-1050
Twitter:@EPFSME

Anima Mundi 2013



Prezados Professores,
                                   Repasso, abaixo, informação do Anima Mundi.
Importante! Os ônibus informados abaixo serão oferecidos pelo Anima Mundi.



O Anima Mundi oferece para escolas públicas e instituições sociais ônibus e lanche para grupos de crianças e jovens, a partir de 6 anos. 

No Festival, as escolas assistem a uma sessão de filmes e participam das oficinas de animação. 

 As sessões disponíveis são: sessões infantis (até 12 anos), às 15h, ou para jovens (a partir de 12 anos), às 17h, entre os dias 05 a 09 de agosto. 

Caso sua escola tenha interesse, preencha as informações abaixo e envie para o Felipe Coscarelli, produtor responsável pela organização da ida de escolas e organizações sociais ao Festival, através do o e-mail receptivoescolas@animamundi.com.br.


O envio desse e-mail não garante a ida da escola ao Festival. Essa confirmação será feita pelo produtor que retornará o e-mail.


  • NOME DO RESPONSÁVEL:
  • TELEFONE DO RESPONSÁVEL:
  • E-MAIL DO RESPONSÁVEL:
  • NOME DA ESCOLA / INSTITUIÇÃO:
  • ENDEREÇO DA ESCOLA / INSTITUIÇÃO:
  • NÚMERO DE ALUNOS QUE VÃO AO FESTIVAL:
  • IDADE MÉDIA DOS ALUNOS:
  • NÚMERO DE RESPONSÁVEIS QUE ACOMPANHARÃO OS ALUNOS:
  • DATA DE PREFERÊNCIA (de 05 a 09 de agosto à tarde):
  • HORÁRIO DE PREFERÊNCIA DA SESSÃO (15h – sessão infantil / 17h – sessão jovem).



Att,


Luciana Bessa
Da Equipe da Gerência de Mídia-Educação
Tel.: 2976-2318

segunda-feira, 8 de julho de 2013

Sinopse Escola de Bamba para o Próximo Carnaval.



A Gerência de Ensino Fundamental, dando prosseguimento às etapas do Projeto Escola de Bamba, encaminha a sinopse do carnaval 2014. Solicitamos às Coordenadorias que divulguem por toda a Rede, possibilitando o conhecimento de todas as unidades escolares. Esta sinopse passa a direcionar todas as demais etapas do trabalho tais como: seleção de figurinos, alegorias, samba enredo, coreografias e performances teatrais.



SINOPSE 2014


"COM O ESPÍRITO BANDEIRANTE, O SAMBA RESPLANDECE
NA TERRA DA GAROA."


JUSTIFICATIVA:

Uma cidade que se ergueu no pátio de um colégio de jesuítas, envolta em ares frios e temperados como os de Espanha e uma terra muito sadia, fresca e de boas águas. Assim surgiu uma das mais prósperas cidades do Brasil, a cidade que alimenta o país com uma imensa diversidade de culturas: o gigante brasileiro.

Uma cidade que, no curso da nossa história, sempre chamou o Brasil para a luta, convocando os cidadãos desta nação para a conquista, para a busca e para a vitória. Uma das doze capitais que sediará a Copa do Mundo 2014, a terra da garoa, não dorme, ressurge da madrugada dizendo para o Brasil; levanta que está na hora!


SINOPSE DE ENREDO


1°. Setor: Nasce um Gigante


No seio da Serra do Mar e localizada no planalto de Piratininga entre os rios Tamanduateí e Anhangabaú, surge a vila de Santo André da Borda do Mato que daria origem a mais próspera cidade brasileira. A vila tinha uma posição estratégica. Habitada por população indígena, localizava-se numa planície rodeada de pinheiros da qual se visualizava quem viesse ao seu ataque. Com o objetivo de amenizar as revoltas indígenas gerada pela ocupação dos colonizadores portugueses, os jesuítas investiram na catequização e rezaram a primeira Missa em 25 de janeiro, data que oficialmente celebra a fundação de São Paulo.

O movimento de Entradas e Bandeiras, impulsionado pela procura de ouro e pedras preciosas, expande e redimensiona o território brasileiro desbravando sertões adiante. Inicia-se o ciclo do ouro responsável pela formação de pequenos vilarejos a beira dos rios, os quais viriam a se constituir os bairros que hoje compõem a cidade. Seguindo a "busca das esmeraldas", a vila se transforma em cidade.

             A escravização dos índios sempre foi difícil pela natureza da personalidade indígena e pelo amplo conhecimento que tinham do território, condição que tornava pouco lucrativa para os colonizadores. A mão de obra africana, utilizada por outros países, passava gerar maiores lucros e facilidades. As Fazendas de café iniciam um período de impulsão econômica, utilizando a mão de obra negra e alguns índios catequizados, já que a cidade se constituía como uma passagem obrigatória entre o porto de Santos e o interior nas rotas de escoamento das mercadorias.

 Uma outra atividade econômica firma-se no país; o ciclo do café. Foi no oeste paulista que a produção de café alcançou seu apogeu, em parte devido a terra roxa, a facilidade de comunicação e a existência do porto de Santos. O desenvolvimento da cafeicultura no interior foi fundamental para o desenvolvimento da cidade de São Paulo. São Paulo era a capital da província, portanto centro político e, ao mesmo tempo, era ponto de partida para o Rio de Janeiro e para Santos. Dessa maneira tornou-se o centro não só de decisões, mas principalmente centro financeiro. A cidade enriquecia graças ao desenvolvimento da cafeicultura. Esse enriquecimento se refletiu na instalação de casas bancárias e de câmbio na cidade, de onde proveriam os empréstimos para a atividade industrial e de serviços.

A maior parte da mão de obra utilizada foi a mão de obra escrava africana. Essas pessoas contribuíram muito com sua força de trabalho e com os seus conhecimentos sobre a agricultura para o sucesso das lavouras do Brasil!


            Após o ciclo do café, a industrialização seguiu de forma vertiginosa: foram abertas diversas rodovias e ferrovias, construiu-se diversos arranha céus por toda a cidade. O ritmo da cidade muda: passa a ser acelerado, impulsionando-a para o patamar de maior centro econômico do país e da América Latina.

   Mais tarde, foram para São Paulo imigrantes de vários lugares do mundo, principalmente italianos, japoneses e posteriormente sírio-libaneses. Com o passar do tempo, as longas jornadas de trabalho, os baixos salários e as precárias condições de vida, fizeram os operários pararem a cidade durante vários dias. Já se vislumbrava o espírito revolucionário dessa cidade.

           
         Inicia-se um processo migratório, primordialmente do nordeste brasileiro, que estimulou a construção civil na cidade e uma intensa movimentação de serviços. Alguns bairros tornaram-se verdadeiras colônias de culturas estrangeiras, e hoje, lugares como Liberdade, Bexiga, Brás, Bela Vista, Barra Funda, são verdadeiros redutos de imigrantes formadores do mosaico cultural da cidade.


2°. Setor: De onde vem tanta riqueza?

       
        O espírito de conquista da cidade se faz presente em diversos momentos da sua história. Em 1922, sob o governo de Washington Luís, São Paulo protagoniza uma semana de arte que inicia o movimento Modernista no país. O Modernismo foi um marco na história cultural do Brasil e trouxe ao país, através do estado de São Paulo, artistas renomados de todo o mundo que, puderam junto a Tarsila do Amaral, Di Cavalcanti, Mario de Andrade e tantos outros nomes da arte brasileira, fazer da semana de 22 um marco nas história.                                                                                                                               Com um sentimento empreendedor, o paulistano se orgulha de criar e construir tudo o que existe de bom no Brasil e no mundo, de forma ainda mais redimensionada. Os pontos turísticos de São Paulo, muitas vezes são réplicas de museus, teatros e parques que ao vermos percebemos que são infinitamente melhores, mais belos e suntuosos.
         A cidade paulistana, movimenta o maior fluxo econômico e cultural do nosso território e é detentora dos maiores museus, teatros, parques e casas de espetáculo do país. Podemos citar o Teatro Municipal, Sala São Paulo, Pinacoteca, Museu de Arte de São Paulo (MASP), Museu da Língua Portuguesa, Museu do Imigrante, Museu do Ipiranga, Parque do Ibirapuera, Parque do Carmo que concentra plantações de flores encontradas nos parques europeus e também, a Casa das Rosas que reúne mudas das rosas mais raras do planeta. Comporta, além disso, redutos boêmios como a "Vila Madalena", bairro da Casa Verde e tradicionais padarias que se enveredam pela noite, aquecendo os estômagos desvalidos e um sem número de opções gastronômicas que figuram nas ruas da cidade por toda a madrugada, a exemplo do Mercado Municipal que, desperta bem cedo alimentando os trabalhadores que constroem o país.



3°. Setor: São Paulo do Brasil para o Mundo ...


Detentora de um grande número de multinacionais do Brasil, São Paulo se mantém conectada (“online”) com o mundo, possibilitando um "link" perfeito entre o país e o mundo globalizado. Nessa paisagem de cidade, enormes arranha céus, oferecem de seus terraços, uma vista singular de uma cidade compacta e pujante, similar às grandes capitais mundiais. É rota obrigatória no território brasileiro, para empresários, instituições financeiras, diplomacias e representações exteriores.

Constituindo-se como a maior metrópole financeira, social e cultural da América Latina, honra o direito de ter o Memorial da América Latina que, idealizado pelo maior arquiteto de nossa história Oscar Niemayer, recebe durante o ano milhares de eventos, congressos e seminários, atraindo uma infinidade de estrangeiros que veem ao país para discutir questões e ampliar possibilidades de negócios. São Paulo é um pedaço do mundo, o que há nas maiores capitais mundiais, se encontra em São Paulo e tem o seu lugar para acontecer.
Nessa mistura de culturas, a cidade que a todos abriga, não poderia deixar de escrever o traço da paixão. A loucura futebolística da cidade conta com personagens como o Palmeiras, o São Paulo , o Corinthias (atual campeão mundial) e também a Portuguesa Paulista. O parque São Jorge, o Parque Antártica o Pacaembu e o Canindé, sediam uma prática quase legitimada neste país; o futebol.

         Já que o samba não pode parar, o carnaval se faz presente também nessa cidade, com um Sambódromo que recebe todos os anos escolas de samba em franca ascensão. Rosas de Ouro, Águias de Ouro, Nenê da Vila Matilde, Mocidade Alegre, X9, Império da Casa Verde e muitas outras dizem para o país que o Trem das Onze, de hoje, não pode ficar nem mais um minuto, sem você...


A cidade que não dorme, não para, ressona e desperta todos os dias dizendo:
"Vamos Brasil, está na hora!!


Atenciosamente,
                                                            Malvina Fernandes
Assistente II da Gerência de Ensino Fundamental
 Matrícula 12/110176-5


Inscrições de Visitação à Bienal do Livro



Sr. Diretor

Estamos abrindo as inscrições para as Escolas interessadas na visitação à Bienal do Livro.

Para isso, solicito que sejam respondidas as informações constantes do formulário on line acessado no link http://migre.me/fjNDy para solicitar sua inscrição.

Ressalto que serão contempladas as 80 (oitenta) primeiras inscrições e APÓS CONFIRMADAS PELA GED, receberão o ônibus, lanche e com a gratuidade para visitação, sendo também avisadas dos dias e horários da saída.

As unidades que desejarem realizar por conta própria a visitação deverão entrar em contato com a empresa organizadora do evento, mas NÃO SERÃO CONTEMPLADAS POR ESTA GERÊNCIA com ônibus, lanche e ticket para ingresso dos alunos, cabendo à direção arcar com todas estas custas se assim desejarem.

Atenciosamente, 
 
Alexandre Rodrigues / Tel: 82463824
Asstente II da E/SUBE/9ªCRE/GED
Matrícula 12/231.918-4