sábado, 29 de junho de 2013

Vencedores da 9ª CRE do concurso Tirando a Droga de Cena 2012



A Coordenadoria Especial de Promoção da Política de Prevenção à Dependência Química e a Secretaria Municipal de Educação divulgaram a classificação final do concurso Tirando a Droga de Cena Produções Audiovisuais 2012, com premiação dos alunos e professores orientadores da Rede Municipal de Ensino no D.O. de 29 de outubro de 2012.

O concurso, que teve como tema a prevenção ao uso de drogas, selecionou 15 produções audiovisuais de alunos do 4º ao 9º ano do Ensino Fundamental e do Programa de Educação de Jovens e Adultos, inclusive os matriculados no Espaço de Extensão Escolar (Polos de Educação pelo Trabalho, Núcleos de Artes e Clubes Escolares).

Essa foi a décima primeira edição do concurso promovido pela Coordenadoria Vencedores do concurso Tirando a Droga de Cena 2012 de Prevenção à Dependência Química, em conjunto com a SME. A iniciativa tem o objetivo de fazer com que crianças e jovens passem a discutir, em sala de aula, as consequências do uso de drogas e como evitá-las.

Durante o desenvolvimento do projeto os alunos envolvidos participaram de pesquisas, discussões e reflexões sobre o tema Prevenção ao Uso de Drogas. O objetivo foi mobilizá-los em torno de um trabalho conjunto e participativo, utilizando uma linguagem audiovisual que incorporasse a prevenção ao cotidiano e que tivesse caráter reflexivo, simples e prazeroso, para promover a construção de uma cultura, onde se busca fortalecer as crianças e jovens, tornando-os mais resilientes, potencializando fatores de proteção e minimizando os fatores de risco.

A Cerimônia de Premiação se realizou no dia 29 de novembro, no auditório do SENAI/Tijuca,  e contou com apresentação artística, entrega de prêmios, troféus e certificados, para os 75 alunos autores ( 1º, 2º e 3º lugar de cada categoria) e os 30 professores orientadores dos alunos premiados e as respectivas escolas, culminando com a exibição, de forma consolidada, das produções audiovisuais finalistas, das cinco categorias.

As 15 (quinze) produções audiovisuais foram classificadas em:

* Categoria “A” contemplando os alunos matriculados no 4º e 5º anos;
* Categoria “B” contemplando os alunos matriculados do 6ª ao 9ª anos;
* Categoria “C” contemplando os alunos matriculados no PEJA I;
* Categoria “D” contemplando os alunos matriculados no PEJA II; e
* Categoria “E” contemplando os alunos matriculados no Espaço de Extensão Escolar.


Vamos conhecer os selecionadas da 9ª CRE que receberam seus Prêmios das mãos do Coordenador José Mauro Silva neste mês de junho.



Categoria A
 1º Lugar
 A DROGAS: SAI DESSA

 Escola Municipal Professor Manuel Maurício

ALUNOS AUTORES
Adrielli Alves da Silveira
Jéssica Fiúza do Rosário
Letícia Vitória de Freitas Araujo
Lucas André Almeida Prates Conrado
Aline Cristina de Farias Plácido

PROFESSORES ORIENTADORES
Elias de Jesus Moreno
Tatiana Rabello de Andrade



Categoria E
3º Lugar
VEM COMIGO ... OFICINA PAPO JOVEM

PET Alzira Araújo

ALUNOS AUTORES
Andrew Messias da Silva
João Victor Carneiro Leal
Lua Mariel Campelo da Silva Mori
Luis Eduardo Carvalho Venâncio Filho
Renata Campos Lopes de Oliveira

PROFESSORES ORIENTADORES
Lucio Antonio da Silva
Mônica Faragasso Souza Escobar








quinta-feira, 27 de junho de 2013

Curso de formação para o professor no Museu de Arte do Rio



O programa de formação com professores torna-se uma agenda regular do MAR e terá a cada mês um novo tema sempre relacionado às exposições e ativando os materiais educativos. Para participar do curso, os interessados deverão se inscrever por meio de formulário de inscrição disponível no site ou pelo telefone 2233-5634. O professor terá a possibilidade de, caso as vagas para o dia solicitado estejam encerradas, inscrever-se em outra data, até o encerramento total das vagas disponíveis para cada módulo. Cada curso receberá até 25 professores.


Neste mês, o MAR oferece o curso “Entre a ideia de coleção e constelação”. A proposta é trabalhar com as mostras O Colecionador e Atlas, Suite, explorando com o professor as ideias de exposição, arquivo, memória, imagem e texto. O curso pretende mapear com o professor as oportunidades de investigação acerca do processo de elaboração de uma mostra, coleção e acervo, para que possa identificar, juntamente com os educadores do MAR, as possibilidades de desenvolver com seus alunos ações de pré-visita, visita e pós-visita.


O curso acontecerá nos dias:
Sábado – 15/06, 29/06 ou 06/07 – 13h às 17h
Quinta-feira: 13/06, 27/06 ou 04/07 – 13h às 17h
Inscrições a partir do dia 6 de junho de 2013

Informações e dúvidas:
escoladoolhar@museudeartedorio.org.br
Tel: (21) 2233-5634


IV JORNADA PEDAGÓGICA DA EDUCAÇÃO INFANTIL



A IV Jornada Pedagógica da Educação Infantil é uma ação de formação destinada a totalidade de profissionais da Educação Infantil da rede pública municipal (professores, coordenadores pedagógicos, diretores, diretores-adjuntos, agentes auxiliares de creche).

Este evento se realizará de 15 a 17/07/13, de 8h às 12h e de 13h às 17h, em três polos (Centro, Zona Norte e Zona Oeste - locais a confirmar) a partir de palestras transmitidas ao vivo e no polo local (Creches, EDIs e escolas que atendem à Educação Infantil) a partir de um kit de estudos a ser organizado pela GEI. As inscrições serão online e estão previstas para ter início no dia 1º/07.

As creches conveniadas poderão participar no turno da tarde. As inscrições, para elas, serão feitas na GED nos dias 11 e 12/07.

Atendendo a pedidos do campo, neste ano, ampliamos o número de telessalas para que mais profissionais possam participar das atividades desenvolvidas nos polos presenciais. Em cada polo, serão destinadas ao público 15 salas. Isso significa um aumento de 50% do número de pessoas participando. Ao todo, aguardamos atender mais de 1.000 participantes, por polo, por dia. 

É muito cara, para nós, a parceria GEI/CREs, sempre fortalecida em nosso caminhar. Na última terça-feira, dia 25/06, pudemos encontrar os profissionais das GEDs para dialogar e alinhar ideias sobre a Jornada. Este momento foi bastante produtivo! Fizemos alguns combinados quanto ao horário de chegada, formas de apresentação das produções das creches, EDIs e escolas das CREs, dinâmica de trabalho, entre outros.

Solicito que aguardem a divulgação do link de inscrições em breve.

Atenciosamente,

 
 
Alexandre Rodrigues / Tel: 82463824
Assistente II da E/SUBE/9ªCRE/GED
Matrícula 12/231.918-4
 


Premiação do Projeto Poesia nas Escolas/2012

Sr. Gerente
Prof. Responsável pelas Salas de Leitura
A Gerência de Mídia-Educação realizará a premiação do Projeto Poesia nas Escolas/2012, no próximo dia 02/07, às 10h30min, na Biblioteca Parque de Manguinhos – Av. D. Helder Câmara nº 1184, atrás do Colégio Estadual Luís Carlos da Vila. Na ocasião, contaremos com a presença da Sra. Secretária Claudia Costin e da poetisa Roseana Murray.
Convidamos para a solenidade, além dos representantes das CRE – Gabinete e GED, todos os autores das poesias premiadas (alunos, professores, funcionários e responsáveis).
Solicitamos divulgar para todos os autores (relações anexas abaixo) e confirmar a presença para o endereço smemidia@rioeduca.net , até o dia 01/07, 2ª feira.

Agradecemos a colaboração.
Att.
Catharina
E/SUBE/CED/Mídia-Educação
Tel:2976-2318 /2976-2319



Relação dos selecionados da 9ª CRE



quarta-feira, 26 de junho de 2013

Troféu Rioeduca 2013



O TROFÉU RIOEDUCA tem como propósito fundamental destacar e premiar boas práticas pedagógicas, bem como destacar e premiar escolas, educadores(as) e alunos(as) que tenham blogs relevantes para sua comunidade escolar.


A grande novidade para este ano é que, desde a premiação de 2012, todos estão muito empenhados em seguir a Metodologia de Projetos Rioeduca, o que já seria pressuposto para a habilitação do Projeto.

De tal forma, quem quisesse concorrer na categoria projeto, deveria estar atento à metodologia. O Portal Rioeduca traçou, a partir desta, seis critérios básicos para inscrição, habilitação e premiação, sendo estes:


• Autenticidade;


• Investigação Científica;


• Aprendizagem Aplicada;


• Exploração Ativa;


• Interação de Conhecimentos;


• Avaliação;



Entenda mais sobre esses critérios clicando aqui.


MEC divulga período de aplicação da Avaliação da Educação Básica

Globo

RIO - As provas da edição de 2013 do Sistema Nacional de Avaliação da Educação Básica (Saeb) serão aplicadas entre os dias 11 e 21 de novembro. O sistema é formado pela Avaliação Nacional da Educação Básica (Aneb), Avaliação Nacional do Rendimento Escolar (Anresc), conhecida como Prova Brasil, e Avaliação Nacional de Alfabetização (Ana).
Os testes são aplicados em todas as unidades da federação. A Aneb é composta por provas de leitura, matemática e questionários aplicados a um grupo (amostra) de estudantes do quinto e do nono anos do ensino fundamental regular e do terceiro ano do ensino médio das redes pública e particular. Já a Anresc envolve todas as escolas com pelo menos 20 estudantes do quinto e do nono anos do ensino fundamental regular, matriculados em escolas públicas de zonas urbanas e rurais. Serão aplicadas provas de leitura, matemática e questionários.
A Ana contará com provas de leitura e escrita e de matemática. Serão avaliados estudantes matriculados no terceiro ano do ensino fundamental de escolas públicas das áreas urbana e rural organizadas no regime de nove anos.
Uma portaria do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais (Inep), publicada nesta terça-feira (25), estabelece a inclusão, em caráter experimental, do teste de ciências a alunos do nono ano do ensino fundamental da Anresc e do nono ano do ensino fundamental e do terceiro do ensino médio da Aneb. A aplicação implica dois dias de provas.
Resultados
A divulgação do resultado da Ana está previsto para 31 de maio de 2014. Já os resultados da Anresc e da Aneb serão publicados em 31 de julho do mesmo ano.

O crowdfunding para criação do portal da Escola de Empreendedorismo Digital está no ar!



Todos podem colaborar: 


  • Professores - ganhando acesso às mais diversas ferramentas de Empreendedorismo, como games educacionais, e-learning, oficinas, jogos e dinâmicas; 
  • E todos os outros amigos da nossa causa, fazendo com que mais alunos de escolas públicas de todo o Brasil tenham Educação Empreendedora de qualidade!





Acesse, participe, espalhe, venha com a gente: 


URGENTE! A Escola Entre Mídias



Sr. Diretor, bom dia!

Peço por gentileza que verifique em sua Escola a existência de atividades na utilização das diversas mídias e que nos fosse enviado um breve relato, em formato WORD mesmo, e em apenas uma página sobre algum projeto que faça a sua utilização conforme relacionadas no mail abaixo.


Precisamos dessa informação com uma certa urgência para encaminhar à Multirio e por isso aguardamos até o final do dia de amanhã desse relato.


Peço que o documento enviado tenha as seguintes informações em seu cabeçalho:

Escola (com designação)
Nome da ação/projeto com uso de mídias
Professor que dinamiza o projeto/ação
Turma(s) em que o projeto/ação aconteceu
Período de realização do projeto/ação

Vamos participar e mostrar nossos belos trabalhos!
Atenciosamente,

Alexandre Rodrigues

Assistente II da E/SUBE/9ªCRE/GED


terça-feira, 25 de junho de 2013

Festa Junina Ciep 205

  A equipe do CIEP Claudio Manoel da Costa, está divulgando a festa junina que será realizada conforme informações abaixo. Contamos com a sua presença!





segunda-feira, 24 de junho de 2013

E. M. Guandu - Centenário de Vinícius de Moraes

“Poeta maior do amor e da paixão passou a vida inteira rompendo convenções sociais. Sempre ligado à cultura e às causas populares, com uma existência intensamente romântica.”

Este ano comemora-se o Centenário de Vinícius de Moraes que completaria 100 anos em 2013.

As apresentações já começaram acontecer em nossa Sala de Leitura. Iniciamos com o livro de poesias infantis “A Arca de Noé”, seus poemas musicados, sua biografia e encenações.

No decorrer deste ano demais apresentações irão homenagear o grande poeta, compositor e músico brasileiro.

Confira em nosso vídeo e curta com a gente!




Professora Sonia de Jesus Lima, regente da Sala de Leitura da E. M. Guandu


Confiram, também, o trabalho da E. M. Guandu no Portal Rioeduca





quinta-feira, 20 de junho de 2013

Porvir - Concursos premiam professores inovadores

Você, professor, que está desenvolvendo metodologias e práticas de ensino inovadoras em sala de aula, pode ter seu trabalho premiado em dois dos principais concursos destinados a educadores do país. O primeiro deles, o Educador Nota 10, organizado pela Fundação Victor Civita, vai premiar 10 educadores e gestores que desenvolvem experiências educativas de qualidade. Os interessados têm até 7 de julho para inscrever seus projetos. Já o Prêmio Educadores Inovadores, realizado pela Microsoft, reconhecerá as três melhores práticas de ensino que envolvam o uso da tecnologia na educação. Os professores podem se inscrever até 30 de setembro.
crédito papparaffie







Confira mais detalhes, clicando aqui.
Fonte: Porvir

XXX MOSTRA MUNICIPAL DE DANÇA 2013



APRESENTAÇÃO

O projeto “Mostra Municipal de Dança/2013” comemorará 30 anos de sua realização no ano de 2013, uma conquista bastante significativa, onde crianças, jovens e adultos das escolas da Rede Pública Municipal de Ensino traduzem a Dança em seus corpos em um grande espetáculo de criações, inovações e impressões, mostrando sua tradição pela diversidade coreográfica que vem caracterizando  sua produção ao  longo desses anos.

 É bom celebrar esse momento tão importante, consolidado por anos de dedicação, cuidado e carinho por todos aqueles envolvidos em todas as etapas que caracterizam a Mostra Municipal de Dança. Um projeto pedagógico, estável, que atravessa décadas e décadas. Esse momento é tão significativo, pois cuidamos dele juntos, todos esses anos.

De repente... 30 anos...

De vários palcos, de toda cidade, de todas as E/SUBE/CRE reunimos nossos alunos para um grande congraçamento dessas diversas impressões do mundo da Dança. O entusiasmo e dedicação de alunos e professores participantes do projeto são os principais responsáveis pelo sucesso alcançado a cada ano.

 No ano de 2013, importantes eventos poderão subsidiar a elaboração dos trabalhos a serem apresentados. Porém, a criatividade é também importante elemento a ser considerado nestas composições coreográficas. Objetivando um trabalho coletivo, que envolva alunos e professores no processo de pesquisa, ação e criação.

Os temas a seguir, juntamente com outros escolhidos pelas Unidades Educacionais das diferentes E/SUBE/CRE, permitirão explorar produções que permitam a interface com um olhar representativo de seu entorno, de seus contextos particulares de criação, de suas emoções e pesquisas diferenciadas, transformando ideias em passos de Dança.
  
Temas:

  • 30 ANOS DE REALIZAÇÃO DA MOSTRA MUNICIPAL DE DANÇA
  • 2013 – ANO INTERNACIONAL DA COOPERAÇÃO PARA A ÁGUA
  • CENTENÁRIO DE WILSON BATISTA 
  • CENTENÁRIO DE CYRO MONTEIRO
  • CENTENÁRIO DE NASCIMENTO DE VINICIUS DE MORAES
  • ANO INTERNACIONAL DA QUINOA
  • JORNADA MUNDIAL DA JUVENTUDE
  • COPA DAS CONFEDERAÇÕES
  • CENTENÁRIO DE NASCIMENTO DE RUBEM BRAGA
  • 80 ANOS DE NASCIMENTO DE MANÉ GARRINCHA
  • CENTENÁRIO DE NASCIMENTO DE JAMELÃO
  • CENTENÁRIO DE NASCIMENTO DE AUGUSTO RODRIGUES
  • 150 ANOS DE NASCIMENTO DE ERNESTO NAZARETH
  • 150 ANOS DE NASCIMENTO DE CATULO DA PAIXÃO CEARENSE
  • 30 ANOS SEM CLARA NUNES
  • VALORES OLÍMPICOS/PARALÍMPICOS

O Projeto Mostra de Dança 2013 será desenvolvido de acordo com as seguintes etapas:


1 – Realização:

  • 1º Momento – atividades nas escolas, quando os alunos terão a oportunidade de experimentar e exercitar a linguagem da Dança como forma de expressão e de experiências corporais diversas.
- Equipe responsável: Professores, Diretores, Coordenadores Pedagógicos das Unidades Educacionais das diferentes E/SUBE/CRE
      - Período: de abril a junho de 2013
      - Local: No interior das escolas ou espaços à sua escolha

  • 2º Momento - Mostras Regionais de Dança
- Equipe responsável: E/SUBE/CRE
      - Período: de julho a agosto de 2013
           - Local:  No âmbito das E/SUBE/CRE

  • 3º Momento - Mostra Municipal de Dança
         - Equipe responsável: E/SUBE/CED - Extensividade
          - Período: setembro de 2013
    - Local: Teatro Odylo Costa, filho (à confirmar)


Veja o documento com o REGULAMENTO, na íntegra, clicando aqui


domingo, 16 de junho de 2013

Articulação online

Destacamos a matéria publicada pela Revista Nova Escola (Edição nº 263) que traz o trabalho do professor de artes Marcelino Rodrigues, da E. M. Rosária Trotta - 9ª CRE - Rio de Janeiro - em parceria com o professor de artes Andre Dias Pires, da E. M. Wilson de Oliveira Simões em Duque de Caxias.





Conheça os trabalhos do professor Marcelino Rodrigues publicados no Portal Rioeduca:







Conferência Nacional de Educação - CONAE



A Conferência Nacional de Educação (CONAE) é um espaço democrático aberto pelo Poder Público e articulado com a sociedade para que todos possam participar do desenvolvimento da Educação Nacional.

A segunda edição da CONAE será realizada de 17 a 21 de fevereiro de 2014, em Brasília, e terá como tema central, conforme prevê o Documento-Referência - O PNE na Articulação do Sistema Nacional de Educação: Participação Popular, Cooperação Federativa e Regime de Colaboração.

Convocada pela Portaria n.º 1.410, de 03 de dezembro de 2012, a CONAE/2014 possui caráter deliberativo e apresentará um conjunto de propostas que subsidiará a implementação do Plano Nacional de Educação (PNE), indicando responsabilidades, corresponsabilidades, atribuições concorrentes, complementares e colaborativas entre os entes federados e os sistemas de ensino.

As conferências nacionais de educação são coordenadas pelo Fórum Nacional de Educação (FNE), conforme estabelece a Portaria MEC n° 1407, de 14 de dezembro de 2010.

A CONAE/2014 é precedida por etapas preparatórias, compreendidas em conferências livres e conferências ordinárias municipais e/ou intermunicipais, estaduais e do Distrito Federal, sendo todas estas atividades realizadas até o final de 2013. O objetivo é garantir a participação da sociedade nas discussões pertinentes à melhoria da educação nacional. Nesses eventos, portanto, os espaços de discussão são abertos à colaboração de todos - profissionais da educação, gestores educacionais, estudantes, pais, entidades sindicais, científicas, movimentos sociais e conselhos de educação, entre outros. 

(Texto retirado do endereço eletrônico: http://conae2014.mec.gov.br/index.php/a-conferencia)

 Prezados,

Informamos que a E/SUBE/9ª CRE realizará uma Conferência Livre (Preparatória).

Consulte o Documento - Referência, através do endereço eletrônico: www.conae2014.mec.gov.br  e participe deste evento:

  • Dia: 18/6 ((3ª-feira);
  •  Horário: 14h
  •  Local: Teatro de Arena Elza Osborne, situado à Estrada Rio do A, nº 220, Campo Grande, Rio de Janeiro - RJ 
  •  Público Alvo: Profissionais da educação, gestores educacionais, estudantes, pais, entidades sindicais, científicas, movimentos sociais e conselhos de educação, entre outros.
  •   Dinâmica:
    - Divulgação e sensibilização da sociedade civil frente aos 7 Eixos a serem discutidos;
    - Depoimentos esclarecendo o sentido da CONAE e seus diferentes Eixos;
    - Divulgação dos dias da Conferência Municipal;
    - Divulgação do endereço eletrônico do Documento-Referência e acesso para a inscrição na Conferência Municipal.


Contamos com a presença de todos e solicitamos ampla divulgação deste evento.








Comissão Organizadora
E/SUBE/9ª CRE
Tel.: 33941968 / 33941966



quinta-feira, 13 de junho de 2013

Convite - Ciência, História e Cultura na Quinta da Boa Vista


Rio de Janeiro, 23 de maio de 2013

Prezado (a) Diretor (a),

Temos o prazer de convidar V. Srª., alunos, professores e funcionários para a comemoração dos 195 anos do Museu Nacional/UFRJ, que será realizada nos dias 5, 6 e 7 de julho de 2013, de 10 às 16h, nas dependências do Museu Nacional/UFRJ, na Quinta da Boa Vista, com o tema "Ciência, História e Cultura na Quinta da Boa Vista".

É nosso desejo estabelecer um canal de comunicação com as escolas da rede de ensino fundamental e médio do Estado do Rio de Janeiro que vá além da divulgação das exposições, contemplando as atividades de pesquisa desenvolvidas pela instituição.

Serão oferecidas oficinas, além de visitas mediadas ao Museu Nacional/UFRJ, visando a troca de conhecimentos e a difusão dos saberes científico, histórico e cultural. Sem fugir às habituais características de interatividade, a idéia é podermos despertar a reflexão sobre o trabalho dos cientistas brasileiros e de que forma suas pesquisas são fundamentais para o desenvolvimento do país, demonstrando que a ciência não está tão distante e inacessível e, sim, que ela permeia o nosso dia-a-dia. Este evento pretende despertar nesta e nas futuras gerações um incentivo para a compreensão de que as ciências são importantes instrumentos de transformação.

Assim sendo, para facilitar a organização do evento e melhor atender as escolas, reservamos o dia 5 de julho para a participação desse público específico. Para tanto, faz-se necessário que a escola interessada agende sua visita preenchendo o formulário no link abaixo e enviando para eventos@mn.ufrj.br  até o dia 20 de junho.

As vagas são limitadas!

Qualquer dúvida, ligue para 2562-6906 /6916.






quinta-feira, 6 de junho de 2013

Rio de Janeiro comemora o Dia Mundial do Meio Ambiente

Guardiões do Rio, Hortas Cariocas e Rio, Capital da Bicicleta privilegiam patrimônio sustentável da cidade

05/06/2013  » Autor: Flávia David e Juliana Romar / Fotos: Divulgação

O Dia do Meio Ambiente é comemorado em todo o mundo nesta quarta-feira (05/06) e, para celebrar a data, a Prefeitura do Rio preparou uma semana especial com passeios aos parques naturais, seminários, oficinas, palestras, cursos e exposições. As atividades estão sendo realizadas pela Secretaria Municipal de Meio Ambiente (SMAC), que tem entre suas atribuições o licenciamento ambiental, a fiscalização das atividades potencialmente poluidoras, a tutela de Parques Municipais, a expansão da malha cicloviária, e o monitoramento do ar e das areias das praias cariocas. Além disso, durante todo o ano, a Prefeitra do Rio investe em programas com o objetivo de melhorar a qualidade de vida dos moradores da cidade, sem abrir mão do ecologicamente correto.

- Temos uma cidade que se orgulha da sua cobertura verde, com uma das maiores florestas urbanas do mundo, além de uma quantidade de parques enorme. E estamos conseguindo, através do nosso programa de reflorestamento, ampliar a cobertura florestal do Rio e reduzir a emissão de gases de efeito estufa. Além disso, já conseguimos dobrar a malha cicloviária da cidade e isso se dá graças ao trabalho conjunto de várias secretarias que passaram a incluir em seus projetos o desenvolvimento do programa de ciclovia. Até 2016, teremos uma malha de 450 km - comemora o secretário municipal de Meio Ambiente, Carlos Alberto Muniz, que pede à população carioca mais atenção e cuidado ao meio ambiente: 

- Que a população ama o Rio, não tenho dúvida. Mas a população precisa se esforçar para manter uma convivência harmoniosa com o meio ambiente, e estar atenta ao uso racional dos recursos da cidade, usufruindo de seus parques com responsabilidade. São coisas que vão melhorar a qualidade de vida de cada um de nós.

Um dos programas da Prefeitura do Rio voltados para a preservação do meio ambiente, oGuardiões dos Rios capacita agentes comunitários para atuar na limpeza e na conservação de rios e canais, beneficiando atualmente 24 comunidades do município, como Rocinha, Rio das Pedras e Complexo do Alemão. Ao todo, 196 guardiões – todos moradores das comunidades beneficiadas – operam recuperando corpos d’água, evitando enchentes, mau cheiro, e a infestação de ratos e insetos (fator causador de doenças).
  
Outro projeto da SMAC, o Hortas Cariocas está presente em 30 comunidades, e recebe visitas frequentes de alunos da rede municipal de ensino, que aprendem sobre alimentação saudável, plantam e colhem o alimento que será utilizado para o reforço no cardápio escolar. A iniciativa gera empregos diretos entre os moradores e pessoas ligadas às escolas, que cuidam da plantação. Parte do que é produzido é dividido entre as escolas e creches municipais e famílias em risco social indicadas pelas associações de moradores. O restante é comercializado e o lucro fica com os parceiros do programa. 

Já o  Patrulha Ambiental fiscaliza e atende às denúncias relacionadas aos danos ao meio ambiente em todo o município, atuando de forma emergencial. Disponível 24h por dia, através da Central de Atendimento da Prefeitura 1746, o serviço tem como objetivo minimizar e/ou impedir agressões ou possíveis danos ambientais no momento em que estejam ocorrendo. Dentre as denúncias atendidas estão as de desmatamentos, corte de encostas, ocupações irregulares em estágio inicial, poluição hídrica, poluição atmosférica, do solo, pesca predatória e resgate de animais.


O Projeto Mutirão de Reflorestamento surgiu como uma iniciativa para inibir a ocupação das áreas de risco e a recuperação da Mata Atlântica no município, que ocupa atualmente 28,9% do território carioca. Conta com a participação direta das comunidades de baixa renda beneficiadas na implantação e na manutenção dos plantios em regime de mutirão. Com essa parceria, a cidade tem obtido a preservação das áreas reflorestadas e a sua recuperação ambiental. 

Atualmente, o projeto está presente em cerca de 150 comunidades distribuídas em todas as áreas da cidade. Com um contingente de 800 trabalhadores, mantém uma área superior a 2.000 hectares, onde foram plantadas mais de seis milhões de mudas de espécies florestais, que oferecem maior segurança a população contra os riscos de deslizamentos e previnem a obstrução de rede de drenagem e o assoreamento dos rios. Até 2016, pretende-se replantar mais 600 hectares de mudas de espécies nativas da Mata Atlântica.

Entre as ações da prefeitura voltadas a garantir maior mobilidade urbana e a redução de gases poluentes, está o programa “Rio, Capital da Bicicleta”, que prevê a implantação de mais bicicletários e a instalação de ciclovias e ciclofaixas (ou faixas compartilhadas). A meta da Secretaria de Meio Ambiente é garantir, até o final de 2016, malha cicloviária de 450 km para os cariocas, possibilitando que o ciclista saia de casa pedalando, ou alugue uma bicicleta, estacione em um dos inúmeros bicicletários disponíveis nos BRT’S, Metrô, rodoviárias, trens e barcas, e siga o seu trajeto em um transporte coletivo, evitando o uso do carro. Todo este trabalho garantiu ao Rio de Janeiro o título brasileiro de “Capital da Bicicleta”, uma vez que a cidade possui a segunda maior malha cicloviária da América Latina. 

Com a meta de promover a educação ambiental e a mobilização social para apoiar os programas e as ações de saneamento ambiental conduzidos pela prefeitura, foi criado o Centro de Educação Ambiental (CEA), vinculado à Secretaria Municipal de Meio Ambiente. O órgão tem como atribuições conferir maior capacidade de consolidação e sustentabilidade aos investimentos e promover a saúde pública, a melhoria da qualidade de vida da população e a ampliação da cidadania.

Atuando em parcerias com outros projetos da Secretaria, como os programas Hortas Cariocas e de Reflorestamento, o CEA reúne agentes ambientais que atuam em mais de trinta bairros das zonas Norte, Sul e Oeste da cidade, promovendo ações de conscientização ambiental em comunidades e parques naturais do município. Esses eventos possuem cunho educativo, informativo e cultural, e visam sensibilizar e envolver a população nas questões sócioambientais da cidade.
  
Com o objetivo de estabelecer políticas de adaptação aos efeitos das mudanças climáticas e a redução das emissões de gases poluentes, foi criada há dois anos a Lei Municipal n° 5.248/2011, que estimulou a modificação dos padrões de produção e de consumo, atividades econômicas, transporte e uso do solo, e o aumento das fontes renováveis nas matrizes energéticas. Para que a lei pudesse ter um efeito mais concreto, foi estipulado, pela primeira vez no Brasil, metas de redução de GEE da cidade, ficando determinado que serão reduzidos 16% em 2016 e 20% em 2020, com relação às emissões registradas em 2005. Para que isso seja viável, todas as obras, programas, ações e projetos da prefeitura devem considerar as metas de redução estabelecidas.

Também foram criados outros importantes instrumentos de combate às mudanças climáticas, como o Fórum Carioca sobre Mudança do Clima e Desenvolvimento Sustentável - composto por seguimentos representativos dos setores público, privado e da sociedade civil, e o Fundo Municipal sobre Mudança do Clima e Desenvolvimento Sustentável, para direcionar aplicações públicas e privadas.

Além disso, a Secretaria de Meio Ambiente concluiu, em conjunto com a Secretaria Municipal de Conservação e Serviços Públicos (Seconserva) e com a Cumlurb, o Plano Municipal de Gestão Integrada de Resíduos Sólidos (PMGIRS), também parte integrante do Plano Municipal de Saneamento Básico de Água e Esgoto do Município do Rio de Janeiro (PMSB-AE), estabelecido pelo Decreto Municipal n° 34.290/2011. A cidade gera aproximadamente 10.000 toneladas diárias de resíduos sólidos urbanos, sendo 47,3% de lixo domiciliar, 38,3% de lixo público, e o restante compreendido pelas parcelas de resíduos da construção civil, de grandes geradores, de resíduos hospitalares e remoção gratuita. 

A evolução da gestão de resíduos sólidos no município começou ao longo do ano de 2011, com a transferência do descarte dos resíduos gerados na cidade para a Central de Tratamento de Resíduos/CTR-RIO, instalada em Seropédica. Anteriormente, isso era feito no Aterro Metropolitano de Jardim Gramacho (AMJG), em Duque de Caxias. Considerado o maior aterro da América Latina, foi desativado definitivamente em junho de 2012. O fim das atividades dem Gramacho vai evitar que, nos próximos 15 anos, cerca de 75 milhões de metros cúbicos de metano/ano sejam liberados para a atmosfera.

Em março deste ano, a prefeitura apresentou os dois primeiros táxis elétricos da cidade, representando o início do programa Táxi Elétrico, uma parceria entre a Prefeitura do Rio, Nissan e Petrobras Distribuidora. Nesta primeira fase, duas unidades do Nissan LEAF, veículo 100% elétrico que não emite poluente e nem faz barulho, rodarão na capital fluminense. Até o fim do ano, outros 13 veículos serão adicionadas à frota. O táxi elétrico, projetado para atender às necessidades da mobilidade urbana moderna, oferece espaço, conforto e potência como os veículos à combustão. O módulo de 24 baterias de íon-lítio pode ser recarregado em carregadores caseiros em até oito horas, ou em apenas 20 minutos com os ‘Quick Chargers’ (carregadores rápidos), que serão instalados em postos da Petrobras.



Biblioteca Digital Mundial‏




A BIBLIOTECA DIGITAL MUNDIAL, Reúne mapas, textos, fotos, gravações e filmes de todos os tempos, e explica em sete idiomas, as joias e relíquias culturais de todas as bibliotecas do planeta. Tem, sobretudo caráter patrimonial", antecipou em La Nacion Abdelaziz Abid, coordenador do projeto impulsionado pela UNESCO e outras 32 instituições.

A BDM não oferecerá documentos correntes, a não ser "com valor de patrimônio, que permitirão apreciar e conhecer melhor as culturas do mundo em idiomas diferentes: árabe, chinês, inglês, francês, russo, espanhol e português. Mas há documentos em linha em mais de 50 idiomas".

Entre os documentos mais antigos há alguns códices pré-colombianos, graças à contribuição do México, e os primeiros mapas da América, desenhados por Diego Gutiérrez para o rei de Espanha em 1562", explicou Abid.

Os tesouros incluem o Hyakumanto darani, um documento em japonês publicado no ano 764 e considerado o primeiro texto impresso da história; um relato dos astecas que constitui a primeira menção do Menino Jesus no Novo Mundo; trabalhos de cientistas árabes desvendando os mistérios da álgebra; ossos utilizados como oráculos e esteiras chinesas; a Bíblia de Gutenberg; antigas fotos latino-americanas da Biblioteca Nacional do Brasil e a célebre Bíblia do Diabo, do século XIII, da Biblioteca Nacional da Suécia.

Fácil de navegar: Cada joia da cultura universal aparece acompanhada de uma breve explicação do seu conteúdo e seu significado. Os documentos foram passados por scanners e incorporados no seu idioma original, mas as explicações aparecem em sete línguas, entre elas o português. A biblioteca começa com 1200 documentos, mas foi pensada para receber um número ilimitado de textos, gravados, mapas, fotografias e ilustrações.

Como acessar o site global? Embora seja apresentado oficialmente na sede da UNESCO, em Paris, a Biblioteca Digital Mundial já está disponível na Internet, através do site: www.wdl.org

O acesso é gratuito e os usuários podem ingressar diretamente pela Web, sem necessidade de se registrarem. Permite ao internauta orientar a sua busca por épocas, zonas geográficas, tipo de documento e instituição.

O sistema propõe as explicações em sete idiomas (árabe, chinês, inglês, francês, russo, espanhol e português), embora os originais estejam na sua língua original. Desse modo, é possível, por exemplo, estudar em detalhe o Evangelho de São Mateus traduzido em aleutiano pelo missionário russo Ioann Veniamiov, em 1840.

Com um simples clique, podem-se passar as páginas um livro, aproximar ou afastar os textos e movê-los em todos os sentidos. A excelente definição das imagens permite uma leitura cômoda e minuciosa.

Entre as joias que contem no momento a BDM está a Declaração de Independência dos Estados Unidos, assim como as Constituições de numerosos países; um texto japonês do século XVI considerado a primeira impressão da história; o jornal de um estudioso veneziano que acompanhou Fernão de Magalhães na sua viagem ao redor do mundo; o original das "Fábulas" de La Fontaine, o primeiro livro publicado nas Filipinas em espanhol e tagalog, a Bíblia de Gutemberg, e umas pinturas rupestres africanas que datam de 8.000 A.C.

Duas regiões do mundo estão particularmente bem representadas: América Latina e Oriente Médio. Isso deve-se à ativa participação da Biblioteca Nacional do Brasil, à biblioteca de Alexandria no Egito e à Universidade Rei Abdulá da Arábia Saudita.

A estrutura da BDM foi decalcada no projeto de digitalização da Biblioteca do Congresso dos Estados Unidos, que começou em 1991 e atualmente contém 11 milhões de documentos em linha. Os seus responsáveis afirmam que a BDM está sobretudo destinada a investigadores, professores e alunos.

Mas a importância que reveste esse site vai muito além da incitação ao estudo das novas gerações que vivem num mundo audiovisual. Esta é uma notícia que não só vale a pena reenviar, mas sim, é um dever ético, fazê-lo!